Jardim

Adenophora


Generalitа


Adenophora é uma planta herbácea perene, nativa das áreas montanhosas do centro-norte da Ásia. Possui hastes eretas, semi-lenhosas, que podem atingir uma altura de 70 a 80 cm, ramificadas esparsamente e apresentam numerosas folhas decíduas, verde-escuras, ovais ou lanceoladas, com margens finamente serrilhadas; na parte inferior da planta, as folhas constituem uma roseta bastante desordenada; os brotos geralmente são vermelhos dourados. Desde maio-junho, até a chegada do frio, produz numerosas flores, no ápice das hastes, azuis ou roxas, em forma de sino, muito longas. Essas plantas, de crescimento bastante rápido, são frequentemente usadas como plantas de fundo em canteiros de flores, graças à sua beleza e ao seu cultivo simples e capazes de dar grande satisfação.

Exposição



Se você deseja obter uma floração abundante da planta, é bom colocar a adenophora em um local ensolarado ou em sombra parcial. São plantas bastante vivas, que perdem a parte aérea nos meses de inverno, quando entram em repouso vegetativo, para que não temam o frio. As hastes são bastante altas, portanto, é aconselhável colocar a adenófora protegida dos ventos fortes para impedir que os galhos sejam quebrados pelas correntes.

Rega



Quanto à rega da planta, no período vegetativo regar regularmente, deixando o solo secar bem entre uma rega e outra; isso é feito principalmente para evitar a estagnação da água e garantir as melhores condições de crescimento para a adenófora. A cada 10 a 15 dias, é importante adicionar à água fertilizantes para plantas com flores.

Terra


Essas plantas perenes precisam de solos ricos, soltos e muito bem drenados; você pode preparar uma mistura ideal misturando solo balanceado, com um terço de areia e um quinto de pedra-pomes de grão fino, além de adicionar alguns punhados de esterco maduro.

Multiplicação



A multiplicação das espécies geralmente ocorre por sementes, nos meses de fevereiro a março, em canteiros; as mudas são mantidas em local protegido e as plantas jovens são plantadas em abril-maio; no verão, também é possível propagar essas plantas por corte de caule. Isso significa usar um fragmento da planta para gerar novas espécies, colocando o fragmento em si no solo ideal, na água ou em um recipiente de acordo com as necessidades de cultivo da planta. As raízes da adenophora são muito delicadas, por isso é bom ter cuidado durante os transplantes para não estragar o pão de terra que os cerca; uma vez plantado, é aconselhável evitar mover a terra muito fundo durante as operações de remoção de ervas daninhas.

Adenophora: Pragas e doenças


Entre as pragas que podem atingir nossas plantas, encontramos ácaros que podem estragar as folhas. Estes são pequenos insetos também conhecidos como "piolhos das plantas" que, alimentando-se da seiva presente nas folhas, enfraquecem toda a estrutura da planta. Além disso, os pulgões são a causa do desenvolvimento de doenças virais, pois a sucção da seiva de uma planta infectada pode transmitir facilmente o vírus a uma planta saudável.


Vídeo: Adenophora - garden plants (Junho 2021).