Jardim

Calêndula


Generalitа


Calendula é uma planta herbácea anual nativa do sul da Europa. Consiste em densos tufos de folhas alongadas, de cor verde intensa, cobertas por um espesso acinzentado, macio e macio ao toque; os topetes têm 20-30 cm de altura. Do final da primavera ao verão, produz numerosas flores margaridas amarelas ou alaranjadas; existem muitas cultivares com flores duplas e duplas. As flores de calêndula perfumam delicadamente o limão e são comestíveis: são consumidas cruas em saladas, ou são usadas secas para chás de ervas, têm um sabor intenso e picante. Essas plantas anuais tendem a autosseminarsi com grande facilidade; portanto, uma vez plantadas, você pode ter um canteiro de malmequeres todo ano.
A calêndula é uma planta anual extremamente fácil de cultivar: cresce rapidamente a partir de sementes e tem uma estação de floração muito longa. Suas corolas laranja são ideais para serem inseridas em canteiros, vasos ou bordas e dão um toque de alegria e animação ao nosso jardim. Existem tantas variedades disponíveis: podemos encontrar diferentes tipos de corolas, tons e tamanhos.

Origens da calêndula


Calendula é um Asteracea endêmico no sul da Europa e norte da África. O gênero é composto por cerca de 15 espécies. Em nosso país, podemos encontrar dois em estado espontâneo: o Calendula arvensis (com hábito prostrado, reconhecível nos campos por suas pétalas cor de enxofre) e o Calendula officinalis. Este último é conhecido desde o início dos tempos por suas virtudes medicinais e, por esse motivo, sua seleção e cultivo já começaram na antiguidade: era uma das essências mais difundidas nos jardins botânicos dos mosteiros. No entanto, eles também obtiveram variedades de interesse por suas qualidades ornamentais.

Rega



Geralmente o malmequeres estão satisfeitos com a chuva, sofrendo curtos períodos de seca sem problemas; para uma floração abundante, no entanto, é bom regar regularmente a planta, de abril a agosto, principalmente se ocorrerem longos períodos sem precipitações. A cada 10 a 15 dias, é bom fornecer fertilizantes para plantas com flores, misturados com a água usada para regar. Mas cuidado com as estagnações da água! É necessário evitar que o solo da planta esteja muito úmido: neste caso, a calêndula pode mostrar dificuldades no crescimento. Quando o período de floração ocorre, as irrigações devem ser mais abundantes.
Para crescer e florescer continuamente, a calêndula precisa de um substrato sempre fresco. Portanto, teremos que irrigar com bastante frequência, principalmente na ausência de chuva e na chegada do verão. Para reduzir nossas intervenções, pode ser útil preparar uma boa cobertura morta com base na base das plantas.
No entanto, o solo nem sempre deve estar encharcado: um contato prolongado de folhas baixas com umidade pode favorecer o aparecimento de oídio. Vamos garantir que a superfície esteja seca após algumas horas.

Descrição da calêndula


A Calendula officinalis é caracterizada por folhas opacas alternadas de até 15 cm de comprimento e por um hábito espesso aumentado. De fato, o desenvolvimento ocorre em um único caule apenas raramente (nas cultivares selecionadas para a produção de flores cortadas). Caso contrário, cresce mais em largura do que em altura e, portanto, é muito adequado para o primeiro andar das fronteiras, os canteiros de flores, os jardins de pedra ou os recipientes, mesmo de pequenas dimensões.
As grandes corolas têm a forma típica de Asteraceae, simples ou dupla. Eles abrem de manhã por volta das nove horas (da qual seu nome é calêndula, ou seja, flor de todos os dias, com a mesma raiz de "calendário") e fecham na chegada da noite. Eles são recusados ​​em tons de laranja e amarelo e, mais raramente, branco.

Exposição



As plantas de calêndula devem ser colocadas em pleno sol ou sombra parcial, pois adoram os raios do sol; em geral, essas pequenas plantas são plantadas no final da primavera, principalmente no mês de abril, pois temem as geadas frias e tardias. Eles também podem ser cultivados em recipientes, no terraço da casa ou no peitoril da janela.
O cultivo da calêndula é bastante fácil e, mesmo o menos experiente em jardinagem, pode cultivá-la com simplicidade e também tirar proveito de suas muitas propriedades como planta medicinal. A localização ideal é sol pleno em quase toda a península; somente no extremo sul é um local um pouco mais protegido durante a tarde. O que é realmente indispensável é escolher um local aberto, onde haja boa circulação de ar: na primavera e no outono, de fato, a calêndula é uma presa fácil para o oídio, que com o tempo pode se espalhar pelo jardim.
Para evitar o início, uma boa ventilação é muito importante, além de evitar a irrigação por cima, molhando as folhas. Escolhemos, se possível, um local iluminado desde as primeiras horas da manhã: assim as folhas secam rapidamente, contrariando o estabelecimento de esporos desse criptograma.





























































A CALENDULA EM BREVE
Família, gênero, espécie Asteraceae, gen. Calendula officinalis
Tipo de planta Anual herbáceo, florido e medicinal
altura De 20 a 60 cm
espaçamento 10-30 dependendo da variedade
manutenção simples
crescimento rápido
irrigação mídia
terra Indiferente, de preferência fresco
Rusticitа Rústico o suficiente (até 0 ° C)
exposição Sol pleno, leve sombra à tarde; área bem ventilada
compostagem Potássio abundante e frequente
utilização Canteiros de flores, fronteiras, jardim de pedras, horta, vaso
propagação semeadura
Avversitа Oidium, pulgões

Terra


Essas plantas preferem solos ricos, soltos e leves, muito bem drenados; embora possam se desenvolver em qualquer tipo de terreno, até pedregoso. Os marigolds também podem ser cultivados em um recipiente, usando tigelas bastante espaçosas, para permitir que as plantas se desenvolvam sem problemas.
Calendula é uma planta pouco exigente deste ponto de vista. Adapta-se a quase todos os solos, mesmo aos pobres. O ideal é trabalhar com antecedência a área incorporando uma boa quantidade de matéria orgânica: isso nos ajudará, especialmente durante os meses de verão, a manter o substrato fresco, sem recorrer a irrigação frequente.

Por que introduzir o cravo-de-defunto em nosso jardim?



Calêndula é uma planta com múltiplas virtudes. Além das qualidades ornamentais indubitáveis, pode ser útil na cozinha e como uma erva medicinal. Toda a planta é comestível: folhas e pétalas podem ser inseridas em saladas, omeletes ou outras preparações. Das flores você pode desenhar um corante natural muito útil para embelezar sorvetes, sorvetes e doces. Também possui um grande interesse em ervas devido às suas propriedades antivirais, anticâncer, anti-inflamatórias e antioxidantes.

Multiplicação



A reprodução da calêndula geralmente ocorre por sementes; é possível semear calêndulas em um canteiro, em um canteiro quente, de janeiro a fevereiro; ou podem ser semeadas diretamente em casa, no outono ou em março-abril.





























CALENDULA CALENDAR

Sementeira de plantas

Outubro (Centro-Sul), Março-Abril (Norte)
Sementeira no canteiro Fevereiro-março
transplante Fevereiro (sul) - abril (norte)
floração De abril a outubro (dependendo do clima e variedades)
compostagem A cada 3 meses (granular), a cada semana (líquido)
Limpeza de plantas semanal

Pragas e doenças


Geralmente essas plantas herbáceas não são afetadas por pragas ou doenças e, em casos raros. Quando isso acontece, os principais problemas se devem ao ataque de pequenos insetos ou piolhos. Para resolver o problema, basta aplicar produtos específicos de aficido. Um outro problema pode ser causado pelo desenvolvimento de fungos capazes de criar uma pátina branca nas folhas dos nossos marigolds. A conseqüência é o amarelecimento do mesmo e sua queda final. Somente se levada a tempo, esta doença pode ser curada e a planta pode retomar seu desenvolvimento sem muitos problemas. Caso contrário, se a doença branca já estiver em estágio avançado, não haverá mais nada para a planta fazer.
Este ano é freqüentemente vítima de oídio: para evitá-lo, escolhemos posições bem ventiladas e evitamos, durante a irrigação, molhar as folhas. Se notarmos a presença de mofo branco nas folhas, em quantidades limitadas, eliminamos todas as partes afetadas. Se o problema persistir, usamos produtos específicos, curativos e de erradicação.
Outro parasita comum são os pulgões: em casos de infestação grave, pulverizamos produtos à base de piretrina, possivelmente à noite (expostos à luz e ao calor, eles rapidamente degradam a eficácia perdida).

Fertilização com calêndula



O uso de fertilizantes não é estritamente necessário, mas, dada a longa estação de floração, pode fazer a diferença no que diz respeito à abundância e vivacidade das corolas. As plantas em campo aberto podem ser suportadas com um produto granular de liberação lenta, no qual o potássio é o elemento predominante. Seu efeito geralmente dura três meses: serão necessárias aproximadamente duas administrações, uma em abril e a segunda em julho. Querendo melhorar o efeito, podemos, de tempos em tempos, adicionar um fertilizante líquido à água de irrigação.
As mudas cultivadas em vasos dão excelentes resultados com fertilizantes solúveis em água a serem adicionados à água. As administrações semanais são recomendadas (mas o uso diário também é possível, em doses mínimas, na rega diária).

Crescer calêndula


O cultivo de maconha é muito simples. Escolhemos recipientes com pelo menos 20 cm de profundidade e criamos uma boa camada de drenagem no fundo, à base de cascalho ou argila expandida. O cravo-de-defunto cresce bem em substratos projetados para plantas com flores: podemos, se desejado, adicionar um pouco de solo do campo e alguns punhados de esterco. Isso nos ajudará a manter as raízes mais frescas, principalmente se o cultivo ocorrer em varandas ou terraços (que superaquecem muito facilmente).
Frequentemente, logo que vemos que a superfície está completamente seca; o uso de pires deve ser evitado, uma causa frequente de podridão.

Como obter plantas?



As mudas de calêndula podem ser compradas em viveiros especializados na primavera, mas a semeadura, o método mais comum de propagação, está realmente ao alcance de todos. Certamente vale a pena o esforço: economizaremos, teremos muito mais plantas, além da satisfação de ter feito tudo sozinhos.

Quando semear?


No Centro-Sul, é possível começar já em outubro, semeando em casa ou em bandejas alveolares: dessa forma, teremos as primeiras flores já no final de março. No norte da Itália, é possível prosseguir, em ambientes fechados, a partir de meados de fevereiro, mas será necessário aguardar o início de abril: a germinação ocorre, de fato, com temperaturas mínimas de 15 ° C.

Como semear?



As sementes, por serem muito pequenas, devem ser misturadas com areia fina: evitaremos desperdiçar muitas delas e dar à luz mudas muito próximas. Depois de espalhar as sementes no chão, cubra-as com uma camada muito leve de solo bem peneirado. Vaporizamos repetidamente, eventualmente cobrindo com plástico para manter a umidade alta, mas arejando com frequência. Uma vez marcadas, as mudas podem ser movidas para um local mais brilhante, mas não sob luz direta. Vamos reduzi-los apenas com os mais vigorosos; Também é útil cortar repetidamente as mudas (acima da terceira folha) para obter amostras bem abastecidas com muitos caules de flores. O transplante é realizado cerca de 45 dias após a semeadura ou, em qualquer caso, não antes do final de março.
No final da primavera, pode ser útil semear novamente para substituir as amostras esgotadas.

Cuidados com as culturas


Os cravos-de-defunto são bastante autônomos: além de irrigação e fertilização, eles exigem apenas a limpeza frequente de corolas murchas. Este trabalho é importante para garantir uma cobertura adicional e uma floração regular e abundante.

Calêndula: Variedade


Dada a popularidade desta planta, os horticultores criaram um grande número de variedades e cultivares. As características peculiares são a cor e o tipo de corola, o tamanho e a postura.
Nem sempre é fácil encontrar variedades puras: na maioria das vezes, no mercado, são encontradas saquetas com uma mistura de sementes.
Aqui estão os mais comuns:
Laranja bebê Pequenas flores duplas de laranja, de abril a novembro, com até 70 cm de altura.
calipso flores duplas laranja e amarelas, com um centro preto, de maio a outubro. Muito anão (até 25 cm).
chrysantha com flores semelhantes às dos crisântemos, com até 60 cm de altura.
Cream Beauty, limonada, damasco: corola creme, amarela ou laranja, até 60 cm, floração longa.
Estйrel misture com corola dupla, amarelo ou laranja. Floresce de julho a outubro e cresce até 50 cm.
Festa Cigana misture com flores alaranjadas e amarelas, de maio a julho. Até 20 cm, adequado para vasos, bordas pequenas e canteiros de flores, mesmo formais.
Príncipe indiano corolas laranja-escuras, de junho a outubro, com até 50 cm de altura. Bonito também como uma flor de corte.
Meteora flores grandes, amarelas e laranja. Alta até 50 cm
rádio flores alaranjadas globosas com pétalas pontiagudas, até 45 cm.
Assista ao vídeo
  • Planta de calêndula



    Calendula é nativa da Europa, norte da África e sul da Ásia; também pode ser encontrado nas áreas voltadas para cima

    visita: calêndula vegetal