Jardim

Calicanto - Chimonanthus praecox - Calycanthus praecox


Generalitа


As cálices são arbustos de tamanho médio com folhas decíduas, originárias da China; de fato, o nome comum se refere a uma planta pertencente ao gênero calycanthacee, mas cuja espécie é chamada Chimonanthus. As espécies de chimonanthus existentes na natureza são poucas e, em particular, apenas uma, chimonanthus praecox, é cultivada na Itália. Produz um arbusto desordenado, com várias hastes eretas, bem ramificadas, que dão origem a uma vegetação densa e intrincada; as folhas aparecem na primavera, após ou durante a floração, e são alongadas, muito semelhantes às de um pêssego ou salgueiro, lanceolado, de cor verde média. A característica peculiar do calicanto são certamente as flores que florescem no inverno inteiro, em fevereiro ou março, independentemente das condições climáticas e muito antes que a planta comece a produzir as folhas; o resultado é um arbusto de aparência seca, completamente coberto de flores muito perfumadas. As flores florescem da madeira velha, sem caule; eles têm pétalas alongadas, cerosas, brancas ou amarelas.

Chimonanthus praecox



Arbusto decorativo, muito rústico e resistente, que sobrevive sem problemas nos invernos do norte da Itália, sem medo de geada e neve; produz flores amarelas ou brancas, muito perfumadas. No final da primavera, enche-se de folhas, embora sem as flores se torne um arbusto bastante anônimo, sem detalhes decorativos; a postura ereta e os galhos entrelaçados o tornam adequado também para a criação de sebes, apesar de perder a folhagem nos meses de inverno. Planta de fácil cultivo, uma vez instalada no jardim, tende a se contentar com a água do mau tempo e a não precisar de cuidados especiais. A poda é feita na primavera, depois que as flores murcham.

Chimonanthus nitens




o Chimonanthus nitens é um arbusto com folhas sempre verdes, ovais ou lanceoladas, verde escuro, bastante coriáceo; as hastes são avermelhadas ou marrom-avermelhadas e a cor da folhagem contrasta bem com a da casca; esses arbustos são originários da China e podem facilmente suportar o clima de inverno, mas é difícil encontrá-los nos viveiros italianos. A floração ocorre na primavera e consiste em pequenas flores brancas ou amarelo-claras, em forma de sino, com pétalas lineares levemente cerosas; as flores deste calicanto não cheiram ou têm uma fragrância delicada. O arbusto pode atingir alguns metros de altura e, com o tempo, tende a se esvaziar na parte inferior, exigindo poda, para manter um hábito compacto e denso.

Cultive o calicanto



O sucesso do chimonanthus praecox no jardim, é essencialmente devido ao fato de que, apesar de virem de lugares tão distantes, eles sobrevivem sem problemas no frio do inverno e também no calor do verão; são plantadas em local ensolarado, ou mesmo parcialmente sombreado, em solo fresco e muito bem drenado, ácido ou alcalino, sem que isso cause grandes inconvenientes à planta. Assim que são plantadas, pelo menos no primeiro ano de desenvolvimento da planta jovem, é aconselhável regar o solo ao redor do caule, sempre que estiver seco; na primavera e no outono, nos espalhamos aos pés de um arbusto de um fertilizante granular de liberação lenta, rico em microelementos. Nos anos seguintes, uma vez que a planta se adaptou bem à vida em nosso jardim, podemos regar esporadicamente, mesmo quando ocorrem períodos de grande calor, associados à seca. A poda não é estritamente necessária, é realizada no caso de plantas muito desenvolvidas ou com hábitos excessivamente longos. Em geral, esses arbustos nunca se esvaziam na parte inferior, pois as raízes continuam produzindo novos ventosas basais, que tendem a manter o arbusto denso por todo o seu comprimento.

Pragas e doenças



Os pulgões freqüentemente atingem os brotos jovens, que podem ser devastados por esses insetos; já na primavera é importante tentar erradicar as colônias de pulgões, para evitar que elas se reproduzam rapidamente, se espalhando por todo o jardim. Excesso de rega ou vida em um solo freqüentemente encharcado de água pode causar podridão nas raízes, o que pode levar à morte repentina de galhos inteiros; em geral, a suspensão da rega resolve o problema. Geralmente, no entanto, as calorias são deixadas por si mesmas e, portanto, dificilmente chuvas ocorrem tão intensas que mantêm o solo sempre encharcado. Ocasionalmente, pode acontecer que alguns galhos sejam arruinados pelo calor do verão, basta removê-los e regar a folhagem, a fim de aumentar a umidade do ambiente e impedir o colapso das folhas. Essas operações deverão ser realizadas nas primeiras horas da manhã, para evitar que a água nas folhas, em dias de calor intenso e forte insolação, favoreça o desenvolvimento de queimaduras.

O calicanto



De fato, na família calycanthacee existe uma planta chamada calycanthus: é um arbusto nativo da América do Norte, com folhas decíduas, ovais e verde-escuras; no verão, esta planta produz lindas flores em concha, vermelho vivo, consistindo de inúmeras pétalas lineares dispostas em espiral; estas flores têm um aroma muito intenso e característico de frutas maduras ou morangos. Toda a árvore é aromática, a casca emite um aroma de cânfora, que pode permanecer por alguns dias no jardim em caso de poda realizada no mato. o Calycanthus É um arbusto grande ou uma árvore pequena e pode suportar facilmente até geadas intensas, desde que não permaneçam por muitos dias seguidos. Esta planta está facilmente disponível nos viveiros italianos e não requer muitos tratamentos; comparado com chimonanthus praecox é um pouco mais exigente no que diz respeito à rega, pois não tolera muito bem a seca e, portanto, é preferível colocá-la à sombra, em um local em que receba apenas luz solar direta pela manhã e protegida do calor raios da tarde.

Propagar o calicanto


As inúmeras flores de calicanto são transformadas em cápsulas semi-lenhosas, que contêm as sementes; essas sementes devem ser semeadas no início da primavera em um solo feito de areia e turfa em partes iguais; a bandeja de semeadura pode ser deixada ao ar livre, porque as sementes precisam de algumas semanas de clima frio para germinar; Também é importante que o solo seja mantido úmido e que as sementes não sejam secas pela luz solar direta. Você também pode produzir estacas, no final da primavera ou no verão, usando as pontas dos galhos, para os quais as folhas da parte inferior são elevadas. As plantas obtidas a partir de estacas ou sementes se desenvolvem muito rapidamente e, a partir de uma muda jovem, podemos obter um grande arbusto bem desenvolvido ao longo de alguns anos.

Calicanto - Chimonanthus praecox: Significado do calicanto



O significado da flor calicanto é originário de uma lenda muito bonita, transmitida entre os amantes das plantas de geração em geração. Em um inverno frio, onde a neve caía abundantemente e cobria toda a vegetação, um tímido robin procurava descanso sob a proteção de algo que pudesse repará-lo da neve que continuava caindo. O robin vagou por dias e dias sem encontrar uma folha ou flor sob a qual encontrasse um refresco, até que, a certa altura, encontrei a flor mágica do calicanto. Calicanto, uma planta que floresce no inverno, foi a única espécie capaz de proteger o robin e, com suas belas pétalas, oferece abrigo ao pássaro frio. A partir desse momento, o calicanto tornou-se o símbolo da flor de carinho e proteção e é uma flor que é dada para comunicar a alguém o desejo de oferecer proteção. Um bom gesto para dar a uma pessoa sua vontade de protegê-la pode estar doando um raminho de calicanto.
  • Calicantus



    Seu nome botânico é Chimonanthus e pertence à família calycanthacee. Na natureza existem diferentes tipos:

    visita: calicantus
  • Chimonanthus praecox



    A planta cujo nome latino é calicathus é um arbusto com flores no verão, que produz grandes flores vermelhas, muito espessas.

    visita: chimonanthus praecox


Vídeo: Calicanto: Chimonanthus praecox (Junho 2021).