Jardim

Perovskia atriplicifolia


Generalitа


Perovskia atriplicifolia é uma variedade herbácea perene que desenvolve um arbusto lenhoso, nativo da Ásia.
Produz caules lenhosos ou semi-lenhosos, bastante ramificados, que dão origem a um pequeno arbusto arredondado, com 90 a 100 cm de altura; a folhagem é verde acinzentada, semi-verde, com lâmina foliar profundamente dividida, bastante grossa e enrugada; se amassadas, as folhas emitem um intenso perfume de sálvia. Do final da primavera ao verão, pequenas flores azuis, semelhantes às flores de lavanda, se juntam em longos espigões no ápice das hastes. A longa floração e a folhagem decorativa tornam o Perovskia uma planta muito apreciada em pequenas sebes, mas também como uma única amostra.

Exposição



A Perovskia atriplicifolia adora o sol e é aconselhável plantá-lo em um local ensolarado, ou desfrutar de pelo menos 4-6 horas de luz solar direta por dia; essas plantas não temem o frio, embora possa acontecer que os invernos muito frios causem a secagem completa da parte aérea, em geral a planta se desenvolve sem problemas no calor da primavera.
Para as plantas mais jovens e mais sensíveis, recomenda-se protegê-las no caso de invernos particularmente frios e frios, cobrindo o solo circundante com palha e folhas secas que atenuam o rigor do inverno.
Para manter o arbusto mais compacto e denso, é aconselhável cortar as plantas a uma distância de 15 a 20 cm do solo, de janeiro a fevereiro.

Rega



o Perovskia são arbustos bastante rústicos e resistentes e não precisam de rega muito frequente; de fato, eles também conseguem, sem problemas, períodos prolongados de seca. Geralmente durante os meses de primavera, eles podem ficar satisfeitos com as chuvas, necessitando de rega esporádica durante os meses de verão, especialmente em períodos de seca ou com temperaturas muito altas.
É claro que, se forem plantadas em vasos, precisarão de mais água.

Terra



Esse tipo de planta também é cultivado no solo comum do jardim, porém prefere solos arenosos, muito bem drenados, com boa quantidade de material orgânico.
O importante é que a terra não retenha muita água, porque a água estagnada é bastante perigosa para sua saúde.
É bom verificar se o solo permite uma drenagem adequada; caso contrário, é muito fácil encontrar problemas relacionados ao aparecimento de mofo ou podridão radicular que podem causar a morte da planta.

Multiplicação


A multiplicação desse tipo de planta ocorre por sementes, na primavera, ou por corte semi-lenhoso no verão, retirando as mudas de caules que não produziram flores. As novas mudas terão que ser deixadas por um tempo na reabertura antes de serem transplantadas para o solo.

Perovskia atriplicifolia: Pragas e doenças



A Perovskia atriplicifolia é uma planta bastante rústica e resistente, pouco sujeita a pragas e doenças; ocasionalmente é atacado por pulgões. Nesse caso, é possível prosseguir com uma intervenção baseada em produtos específicos que contrastam efetivamente com o problema, eles podem ser químicos, comumente disponíveis no mercado, ou naturais, como, por exemplo, uma preparação feita com alho fervente no interior da panela. água que será pulverizada diretamente nas plantas.


Vídeo: Perovskia atriplicifolia (Junho 2021).