Jardim

Cotonastro - Cotoneaster


The Cotoneaster


Cotonastro é uma variedade nativa da China e do Himalaia.
O gênero conta espécies de arbustos decíduos ou perenes, com hábitos variáveis, eretos ou prostrados. As espécies decíduas são cobertas com cores vivas no outono, as sempre-vivas são adequadas para formar sebes e as prostradas para cobrir o chão.
o cotoneaster são um gênero da família Rosaceae que compreende mais de 200 espécies, principalmente de arbustos (mas também algumas árvores) de todo o continente europeu até o Extremo Oriente.
As variedades utilizadas no jardim são quase todas de origem asiática e, ao longo dos anos, foram selecionadas criando muitas cultivares, cada uma caracterizada por hábitos, usos e estética diferentes, a ponto de ser difícil não encontrar uma que atenda às nossas necessidades e ao nosso gosto. .

Em geral, esse arbusto raramente é sensível a baixas temperaturas. Além disso, para o mercado italiano, foram selecionadas variedades e cultivares adequadas ao nosso clima e, consequentemente, é muito raro encontrar problemas.Portanto, eles podem ser cultivados com segurança da planície para as áreas montanhosas a cerca de 1000 metros acima do nível do mar. Eles suportam muito bem até -15 ° C, sobretudo depois de terem se libertado. Pode acontecer que geadas tardias ou prolongadas causem a secagem de alguns galhos, mas será suficiente intervir na primavera, limpando a planta.Também é importante ressaltar que o cotoneaster vive particularmente bem, mesmo em um ambiente urbano, mesmo que o ar esteja bastante poluído. Geralmente não sofre nenhum tipo de dano que continua a vegetar livremente. É também por isso que é cada vez mais utilizado como arbusto decorativo pelas administrações municipais.Plantio


Talvez essa seja uma das poucas ocasiões em que esses arbustos requerem um pouco de cuidado.
Deve-se enfatizar que o sistema radicular do cotoneaster gosta muito de ser manuseado devido à sua estrutura fibrosa e delicada. O ideal é, portanto, comprar mudas em vasos e transplantá-las com muito cuidado, tentando absolutamente não partir o pão da terra.
O melhor período para plantar é de novembro a fevereiro, evitando trabalhos se o solo estiver muito cheio de água ou coberto de neve. De fato, seria muito difícil criar um buraco estável e, acima de tudo, evitar bolhas de ar perigosas.
Indicar que a distância ideal entre uma amostra e outra não é simples, dada a variabilidade do portamento e das dimensões. Nesse caso, é bom consultar o rótulo ou o conselho do revendedor.
A melhor maneira de proceder é cavar um buraco com pelo menos 40 cm de profundidade (se possível já há algumas semanas) e criar uma camada de drenagem no fundo com cascalho ou outro material adequado. No fundo, também será adicionada uma boa quantidade de condicionador de solo orgânico bem temperado. Insira a planta e depois o solo compactando bem e irrigando em abundância.
Na ausência de chuva durante o primeiro ano, será bom intervir pelo menos uma vez por semana (verificando primeiro o estado do solo) e depois diminuindo gradualmente.

Propagação


O cotoneaster pode ser propagado principalmente por corte semi-lenhoso no início da primavera. Além de usar um solo muito drenante, para obter excelentes resultados, é recomendável espanar os cortes com pó de enraizamento.
As espécies baixas ou a cobertura do solo podem ser multiplicadas facilmente também através de ramificações, possivelmente no outono. Um galho longo deve ser dobrado, inserido no chão e mantido no lugar com um gancho em forma de U. Incisões devem ser feitas nessa parte. O topo deve sair. Normalmente, na primavera, você notará uma boa quantidade de raízes. Portanto, é possível intervir cortando a montante e inserindo a amostra diretamente no chão ou em um recipiente.
O cotoneaster também pode ser reproduzido por sementes. No entanto, isso deve ser vernalizado. Na natureza, o processo é favorecido pela passagem pelo trato digestivo das aves, o que torna a pele externa macia e úmida.

Cotonastro - Cotoneaster: Espécie e cultivar


Como dissemos, o cotoneaster é um gênero muito heterogêneo e, para escolher o espécime mais adequado para o nosso espaço verde, é bom primeiro obter informações precisas.














































































GRANDES ESPÉCIES COM FOLHA DE CADUCA

nome

altura

floração

bagas

cultivares

Usos e notas
bullata Até 3 m
IV-VI, vermelho

Rossi, VIII-X

Floribunda, macrophylla

Hedge, pequena árvore
delsiana Até 2 metros
IV-VI, creme

Solteiro, vermelho de IX

Major, elegans

proteção
divaricata Até 1,80 cm
VI, rosa

Ovoidals, vermelhos

proteção
huepensis Até 1,50 cm
Até 1,50 cm

IV, em corímbios, brancos

Vermelho, hemisférico, de agosto

Floração muito bonita, para sebes
simosii Até 4 metros
VI; VII, em corímbos, branco-rosa

Esférico, vermelho

Muito bonito para sebes
frígido Até 6 metros
VI, branco

vermelho
Rotudifolia Até 3 metros
VI, VII, rosa

Pêra, vermelha, até a primavera
bacillaris Até 5 metros
VI, branco, corymbs de 5

Roxo muito escuro, redondo, brilhante

Mudas ou sebes
multiflora Mais de 3 metros
IV, em grupos, branco

Rossi

calocarpa

Para sebes















































GRANDES ESPÉCIES SEMPRE

nome

altura

floração

bagas

cultivares

Usos e notas
salicifolia Até 4,50 metros
VI, branco

Vermelho claro

Floccosa, enrugada

Folhas novas tomentose, para sebes
franchetii Até 3 metros
VI, rosa em corímbulos

laranja

Ramos amarelados, arqueados, para sebes
henryana Até 4 metros
VI, branco em cachos, abundante

Vermelho escuro, em forma de ovo
lactea até 4 metros
VI-VII, nata, corímbos

Pequeno e vermelho, muito numeroso
serotina Até 3 metros
VII-VIII, branco

Grande, vermelho, durável
















































Vídeo: cotoneaster (Junho 2021).


NANE SPECIES

nome

altura

floração

bagas

cultivares

Usos e notas
dammeri Até 30 cm
IV-VI, rosa

rastejante
microphylla Até 50 cm
IV-VI, branco

vermelho

rastejante
thymaefolia Até 50 cm
VI, rosa

Vermelho brilhante, Ѕ cm de diâmetro

Ótimo para jardim de rochas
buxifolia Até 40 cm
VI, branco e rosa

Redondo, vermelho, grande
horizontalis Até 1 metro
IV-VI

Vermelho, cor coral

Prata variegada,
Sabrina
saxatilis
perpusilla

Folhas de vermelho-laranja no outono