Plantas de apartamentos

Ficus microcarpa ginseng


Generalitа


Ficus ginseng é uma variedade de ficus microcarpa, de tamanho relativamente pequeno. As espécies f. microcarpa é uma árvore que atinge uma altura de 20 a 25 m, originária da Ásia e da Austrália; F. ginseng é um arbusto de tamanho médio, que pode atingir 100-130 cm de altura, sempre-verde. A folhagem é brilhante, oval, coriácea, de uma cor verde escura brilhante; a casca é de cor clara; na natureza, essas plantas produzem pequenos figos roxos ou pretos, que se desenvolvem ao longo dos galhos. As principais características do ficus ginseng são as raízes: possuem desenvolvimento aéreo e atingem grandes dimensões, dando à base do tronco uma forma característica; as grandes raízes aéreas lembram grandes tubérculos robustos. Esta espécie de ficus possui uma folhagem bastante pequena, essa característica, combinada com o tamanho total da planta e suas grandes raízes aéreas, tornou o ficus ginseng muito popular também como bonsai.

Ficus microcarpa


o ficus microcarpa É uma planta que é comumente encontrada no mercado; quase sempre é vendido na forma de um bonsai. No entanto, deve-se salientar que esta é realmente uma planta de casa que pode ser facilmente mantida pequena. O tamanho diminuto das folhas ajuda a parecer uma árvore em miniatura.
Na verdade, pode ser considerado e tratado em todos os aspectos como uma planta de casa. O cultivo é difundido em todo o mundo e geralmente é mantido especialmente em contêineres. Em áreas com invernos amenos, sempre pode ser deixado de fora. Onde os invernos são bastante rigorosos (como no centro-norte da Itália), deve ser retirado.
Esta árvore é ideal para ser mantida mesmo no apartamento, pois tolera uma ampla gama de condições diferentes. Possui um sistema radicular muito resistente, cresce lentamente e permanece pequeno. Suas raízes aéreas são extremamente particulares e decorativas. O ficus ginseng é nativo do sudeste da Ásia e seu aerale se estende da Índia a Bornéu. Na natureza, pode atingir 15 metros de altura. Os frutos que produz, de cor vermelho escuro, tornam-se alimento para animais silvestres que contribuem para a propagação de sementes.































A planta em suma

exposição

semeadura
irrigação cobertura
repotting Meia casa
substrato Rico, mas muito bem drenado. Mesmo inorgânico
fertilização Líquido, toda semana, da primavera ao outono
temperatura Não abaixo de 12 ° C
Pragas e doenças Cochonilhas, podridão radicular

Tratamento



Exposição: prefere posições bem iluminadas, mas é bom evitar o excesso de luz solar direta; acima de tudo, recomendamos uma exposição gradual ao sol direto e evitar uma insolação excessiva durante a estação quente. Este ficus pode suportar temperaturas próximas a zero, mesmo se houver um melhor desenvolvimento do crescimento da planta com temperaturas mínimas não inferiores a 10 ° C. Assim, de março a outubro, pode ser exposta ao ar livre, em um local parcialmente sombreado, enquanto nos meses frios é cultivada como planta de casa ou em estufa temperada.
Rega: de março a abril, até o final do verão, é regada abundantemente, sempre esperando o solo secar entre uma rega e outra e evitando deixar água no pires; com a chegada do outono, a rega é diminuída, umedecendo periodicamente o solo, sem esquecer de vaporizar frequentemente a folhagem. No período vegetativo, forneça fertilizante para as plantas verdes, a cada 15-20 dias, misturado com a água da rega.

Reprodução


Solo: use uma boa mistura rica em húmus, muito bem drenada; pode ser usado solo universal, misturado com uma pequena quantidade de areia e adubo maduro. Em geral, são escolhidos recipientes que não são muito grandes, para destacar o tamanho das raízes aéreas.
Multiplicação: geralmente por sementes, na primavera ou por estacas, durante os meses de verão.
Pragas e doenças: sofrem com o ataque da cochonilha, principalmente em clima muito seco. Rega excessiva ou solo pouco drenado pode favorecer o aparecimento da podridão.

Luz


Como em todas as plantas de interior, a iluminação deve ser intensa, mas não direta. Portanto, é ideal colocá-lo em uma sala com janelas grandes e possivelmente com telas, principalmente de maio a setembro, com cortinas de cores claras.
Se essas condições não estiverem disponíveis, podemos colocar o broto em uma sala menos iluminada. A única consequência será um crescimento menos vigoroso.
Se tivermos um jardim ou um terraço, podemos decidir movê-lo quando as temperaturas mínimas não caírem abaixo de 12 ° C. A posição deve sempre ser clara, mas o sol direto nas folhas deve ser evitado, pois pode causar queimaduras.

Irrigação



Como todo ficus, aprecia um substrato úmido e fresco. Em vasos pequenos, no entanto, a irrigação muito frequente pode causar a podridão das raízes. Portanto, é bom aguardar a secagem do substrato antes de distribuir a água novamente.
Não possui requisitos especiais em termos de pH e pureza da água. A torneira pode estar bem. Se for muito difícil, podemos substituí-lo pelo de ferros ou coletar água da chuva periodicamente. Por outro lado, a umidade ambiental é muito importante para o bem-estar geral da planta e seu crescimento vigoroso. Especialmente durante os períodos quentes, é bom vaporizar as folhas e as raízes aéreas com frequência ou colocar perto dos recipientes cheios de água para que, por evaporação, torne o ambiente mais confortável.

Terra


O solo ideal deve ser bem drenado. Os solos vão muito bem para plantas suculentas ou mesmo para frutas cítricas. Como alternativa, podemos comprar um produto genérico e adicionar bastante areia. O importante é que a água não seja mantida por muito tempo. O substrato ideal deve secar rapidamente. Alguns cultivam esta planta mesmo totalmente em perlita ou casca (como a das orquídeas). Claramente, uma camada de drenagem espessa e eficiente deve ser fornecida na parte inferior do vaso.

Compostagem


Todos os fertilizantes para plantas de apartamentos verdes são bons. Durante a estação de crescimento, deve-se proceder uma vez por semana com a distribuição do produto. Evitamos essa prática durante o inverno e no caso de plantas doentes ou enfraquecidas.

Pragas e doenças



Geralmente são plantas muito resistentes e raramente são atacadas por pragas.
No apartamento, um dos problemas mais comuns é a balança de algodão ou vieira. Se houver apenas algumas amostras, podemos passar álcool e removê-las.
Caso contrário, será necessário intervir com óleo branco possivelmente ativado por um inseticida sistêmico. Também pode acontecer a presença de tripes que devem ser combatidos com inseticidas específicos.

Temperaturas


Lembremos que a planta começa a sofrer quando cai abaixo de 12 ° C. Nesse caso, é melhor retirá-lo e colocá-lo em uma sala bastante fria durante todo o inverno.

Ficus microcarpa ginseng: Repotting



O ficus ginseng precisará ser repovoado a cada dois ou três anos. Prossiga para o início da primavera e tente mudar o solo o máximo possível, limpando e aparando as raízes. Durante as duas primeiras semanas após a operação, será necessário irrigar levemente sem mover o substrato e manter a planta em sombra parcial.
Assista ao vídeo
  • Planta de ginseng



    O termo ginseng deriva do chinês "Jen-Shen" e significa "planta do homem", na verdade ele tem raízes que lembram

    visita: planta de ginseng
  • Ficus microcarpa



    O bonsai Ficus Microcarpa precisa, de fato, como qualquer outra planta, de um ambiente ideal e sal.

    visita: ficus microcarpa