Generalitа


Os Heliconias já foram considerados da família Musa, devido à semelhança com bananeiras; de fato, possuem folhas grandes, de até 100-150 cm de comprimento, em hastes longas e eretas ou transportadas por pecíolos finos, ovais, levemente cerosos, formam arbustos ou grandes aglomerados; de março a outubro, produzem inflorescências grandes e muito vistosas, em forma de panícula, consistindo de brácteas rígidas e cerosas, entre as quais pequenas flores desabrocham. As brácteas são de várias cores, de prata a vermelho vivo, de amarelo a fúcsia. As inflorescências de helicônia elas florescem no ápice das hastes, ou mesmo carregadas por hastes finas e arqueadas e pendentes. Essas plantas produzem um rizoma carnoso, são usadas como plantas de casa, mas também em canteiros de flores de verão ou como flores de corte, uma vez que as inflorescências resistem por semanas. Essas plantas crescem naturalmente na América tropical, em algumas ilhas do Pacífico e na Indonésia.

Exposição



A capacidade de cultivar uma planta também depende dos múltiplos cuidados e atenção que ela pode dar a ela. Um aspecto fundamental a ser levado em consideração é a exposição, ou seja, a posição em que as plantas são colocadas em casa ou no jardim. A maioria das espécies de helicônia eles gostam de locais muito claros, mesmo ensolarados, temem as mudanças repentinas de temperatura e luz, e tendem a crescer em um local iluminado, mas longe da luz direta do sol, movendo-os para o sol gradualmente durante os meses quentes. Eles temem o frio, por isso são cultivados no apartamento, embora seja possível cultivá-los no jardim durante os meses mais quentes do ano, quando as temperaturas o permitem.

Requisitos de colheita



Quanto à irrigação, durante o período vegetativo regue periodicamente, quando o solo estiver seco, evite os excessos de rega que possam causar o apodrecimento do rizoma. Durante o período vegetativo, forneça fertilizante para plantas com flores, a cada 15-20 dias. No inverno, regamos apenas esporadicamente. Para melhor cultivar nossas plantas, é muito importante escolher o tipo de solo mais adequado. Cada espécie precisa de solos específicos, capazes de fornecer o sustento necessário às plantas, pois cada variedade tem necessidades específicas. Para cultivar nossas helicônias, use uma mistura de solo universal, suave e leve, com uma quantidade igual de areia, para aumentar a drenagem. Lembre-se de que o rizoma não deve ser colocado muito fundo no chão, mas apenas ligeiramente coberto.

Multiplicação


Não é difícil reproduzir nossas plantas, basta conhecer os principais métodos de reprodução e ter paciência. Se queremos obter novas mudas de helicônia, também devemos saber que a multiplicação deve ser feita durante o outono, por divisão dos rizomas. Ao praticar esta divisão, lembre-se de deixar algumas raízes bem desenvolvidas para cada porção praticada de maneira a ter uma chance maior de sucesso.

Heliconia: Doenças



Heliconia são plantas que geralmente não são atacadas por pragas ou doenças. Para evitar o desenvolvimento de doenças fúngicas, é bom evitar o uso de produtos antiparasitários específicos no período antes da floração.